Pesquisadores do NAEA participam de formação na Terra Firme

No dia 03 de abril foi realizado o Seminário (In)Formação Política na Casa Preta (Coletivo de jovens negros que atua na Terra Firme – Belém-PA). Na ocasião foi realizada uma extensa programação, que durou todo o domingo. Vários coletivos que atuam na cena cultura e de movimentos de juventude de Belém, Ananindeua e Santarém participaram. Estiveram presentes, entre eles, o Levante da Juventude, Produtora Colaborativa Pará, Amazônia em Chamas, GON (Grupo Ouro Nacional), Asas de Urubu, Escola Estadual Brigadeiro Fontenele, Casa Rosa Luxemburgo, Movimento Sem Terra e Puraqué.

O seminário teve por objetivo discutir e formular ações para implementação de estratégias de planejamento, articulação e desenvolvimento de táticas de colaboração entre os membros dos coletivos, organizações e entidades que trabalham em parceria com a Casa Preta.

Dentro os temas discutidos nas rodas de conversa estiveram: Contradições periféricas e a luta popular, organização popular, estratégias de organização política, desvios políticos de organização, plano de comunicação e para finalizar foi discutida a sustentabilidade e capacidade de auto-reprodução dos coletivos jovens presentes.

Como indicativo do encontro, foi marcado para o dia 16 de abril a elaboração de um planejamento participativo, articulado entres as organizações e entidades que participaram do seminário, com o intuito de fortalecer a resistência da juventude nas periferias urbanas do Pará.

O planejamento participativo tem o objetivo de criar um projeto para resolver um determinado problema. Partindo da premissa de que, quem planeja executa e quem executa planeja, todas as pessoas interessadas na construção de um ambiente de colaboração e cidadania virtuosa dentro dos territórios onde essas entidades atuam, participarão efetivamente desta oficina de planejamento. Os ferramentais teóricos e práticos são baseados nas disciplinas Planejamento do Desenvolvimento Regional e Elaboração e Gestão de Projetos Públicos, ministradas no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido (PPGDSTU), cujo objetivo é habilitar a dominar os principais fundamentos teóricos, metodológicos e operacionais da concepção, elaboração e gerenciamento de projetos públicos.

Assim como no Seminário (In) Formação na Casa Preta, pesquisadores da IPPA/NAEA (Incubadora de Políticas Públicas da Amazônia) e do GETTAM/UFPA (Grupo de Estudo sobre Estado, Território, Trabalho e Mercados globalizados na Amazônia), atuarão como facilitadores desta próxima formação. Os acadêmicos que estão participando desta iniciativa na Terra Firme, são doutorandos do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos e orientandos dos professores Fábio Carlos da Silva e Edna Castro, ambos pesquisadores renomados da Universidade Federal do Pará.

Essa atividade assessorada pelos doutorandos do NAEA, configura-se também como uma das propostas do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, que além da pesquisa e do ensino, visa realizar atividades de extensão no sentido de democratizar o conhecimento produzido na universidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *