O Laboratório Hacker da Câmara dos Deputados será inaugurado em Brasília

Nos dias 18 e 19 de fevereiro será realizada a inauguração do Laboratório Hacker da Câmara dos Deputados, com  participação de servidores e cidadãos, o evento conta com uma programação de minipalestras, rodas de conversa e oficinas abertas ao público.

O propósito do Laboratório Hacker é atuar como ponte entre a sociedade, o universo político e a organização Câmara dos Deputados, de forma a ser um espaço para a construção de ações colaborativas de cidadania e participação digital, comenta o coordenador do laboratório hacker, Cristiano Ferri.

O laboratório hacker é uma consequência da maratona realizada no ano passado, quando especialistas em informática foram reunidos pela Câmara para desenvolver programas e aplicativos que aproximem o cidadão da atividade parlamentar. Na época, 50 programadores participaram, durante quatro dias, do esforço para criar novas formasd e interação entre o cidadão e o Legislativo. O resultado, além de aplicativos premiados, foi o projeto de resolução que torna permanente a experiência, com a criação do laboratório. Um espaço aberto especialmente para programadores e desenvolvedores de informática que trabalhem com software livre.

Confira a programação completa do evento de inauguração:

Participe do evento ao vivo: http://edemocracia.camara.gov.br/web/laboratorio-hacker/bate-papo/-/bate-papo/sala/22601

18/02 – Terça-feira

9h – 9h30 – Recepção dos convidados no Laboratório Hacker

9h30 – 10h – Apresentação do Laboratório Hacker e boas-vindas

·         Abertura da 1ª Rodada de discussões do evento – Cristiano Ferri (LabHacker)

10h – 12h – Temas da Rodada:

·         Laboratório Hacker: objetivos, competências e atribuições

·         Espaço hacker: proposta de funcionamento, regras de convivência, instrumentos de interação, como viabilizar a participação dos servidores, parlamentares e hackers

·         Planejamento do Laboratório Hacker: projetos para 2014

12h – 14h – Intervalo para almoço

14h – 18h – Tarde de Desconferências (Sequência de  mini-palestras de 15min cada)

14h30 – 16h

·         Transparência e Dados Abertos – Pedro Markun (Hacker convidado)

·         Dados Abertos na Câmara dos Deputados – Marcus Chevitarese (Cenin)

·         Hacktivismo – Anchises Moraes (Hacker convidado)

·         Participação no Processo Legislativo – Fernando Sabóia (SGM)

16h – 16h30– Intervalo para perguntas e debate

16h30 – 18h

·        Produtoras Colaborativas: articulação entre universidade, governo e sociedade civil – Larissa Carreira (Pesquisadora da Incubadora de Políticas Públicas da Amazônia – IPPA/UFPA)

·        Arduino – Eduardo Oda (Hacker convidado)

·        Visualização de dados com Javascript – Vitor Batista (Hacker convidado)

.        Gitlaw – Pedro Markun (Hacker convidado)

·        Comissão Interativa  – Alexandra Bittencourt (CCJ)

18h  – 18h30 – Debate e perguntas

18h30 – 20h – Oficina de Cultura Livre – Leonardo Foletto (Hacker convidado)

19/02 – Quarta-feira

9h – 11h – Recepção dos convidados no Laboratório Hacker

Rodada de discussões e preparação de perguntas

11h – 12h – Inauguração do Laboratório Hacker pelo Presidente da Câmara dos Deputados, Deputado Henrique Eduardo Alves

12h – 14h – Intervalo para almoço

14h – 18h – Tarde de Desconferências (Sequência de mini- palestras de 15min cada)

14h – 16h

·         Privacidade – Eduardo Oda (Hacker convidado)

·         Aproveitando o saber da sociedade (como usar o conhecimento das redes sociais no processo legislativo) – Daniel Shim (LabHacker)

·         Escândalos de espionagem da NSA – Anchises Moraes (Hacker convidado)

·         O direito ao inútil  – Ramiro Polla (Hacker convidado)

16h – 16h30– Intervalo para perguntas e debate

16h30 – 18h

·         Mandato aberto – Dep. Paulo Pimenta

·         Audiências Públicas Interativas no e-Democracia – Walternor Brandão (LabHacker)

.         Jornalismo de dados: buscar/raspar, contextualizar/cruzar e apresentar dados  de forma interessante – Leonardo Foletto (Hacker convidado)

.         Como fazer uma vídeoconferência de qualidade com poucos recursos (Luis Carlos – THacker DF)

.         Transmissão de eventos ao vivo – Experiências do Mídia Ninja (Luis Felipe- Mídia Ninja)

18h00 – 18h30 – Debate e perguntas / Encerramento

Fonte: http://edemocracia.camara.gov.br/web/laboratorio-hacker/inicio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *