Intercom 40 anos

Nos dias 04 a 09 de setembro, a Universidade Positivo localizada em Curitiba (PR) recebe o maior congresso de comunicação do Brasil e um dos maiores da América Latina. O Intercom Nacional é o evento de maior prestígio, e fundamental para o contexto acadêmico científico, reunindo vários profissionais, pesquisadores e acadêmicos debatendo assuntos atuais, os quais permeiam a área da comunicação, proporcionando a troca de experiências entre comunicadores de todo o país.

O Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação acontece desde 1977 e reúne, tradicionalmente, cerca de 3,5 mil pessoas. A edição deste ano comemora os seus 40 anos de existência, através do qual contribui indubitavelmente para o avanço científico da comunicação. Durante o evento, ocorrem a entrega de prêmios como o Luiz Beltrão, concedido nas categorias “Liderança Emergente”, “Maturidade Acadêmica” Grupo Inovador” e “Instituição Paradigmática”, e os prêmios estudantis, para alunos de graduação, mestrado e doutorado.

Nos seus 40 anos de evento, o congresso conta pela primeira vez com uma coordenadora da Região Norte Amazônica, a Profª Msc. Avelina Castro, ela é a coordenadora do Grupo de Pesquisa sobre Jornalismo Impresso, apesar de ser seu primeiro ano atuando como coordenadora chefa, a professora acompanha o grupo há anos, o que ela percebe nesta edição é o aumento na qualidade dos trabalhos apresentados e bem como a diversidade de temas, diretamente ligados aos Direitos Humanos.  Em um bate-papo com a jornalista, ela destacou a importância de um congresso como este, para o jornalismo impresso no Brasil, segundo ela em uma época de cibercultura, o papel vem sofrendo uma crise, entretanto os jornais impressos ainda demarcam um poder político-social dentro das grandes mídias, sendo os maiores formadores de opinião dentro da sociedade, os conteúdos disponíveis nas plataformas digitais são percutidos através deles.

Vários professores de Comunicação Social estarão presentes no evento, entre eles estará à coordenadora da Produtora Colaborativa, Larissa Carreira, buscando o aperfeiçoamento qualitativo na área de pesquisa em comunicação e debatendo temas importantes para a comunidade digital.

A edição de 40 anos é aguardada com grandes expectativas, o que se espera são debates,  apresentação de trabalhos e pesquisas com olhares cada vez mais críticos, éticos e humanizados. A comunicação no Brasil enfrenta desde sua origem uma série de dificuldades, no contexto de crise político-econômica. Dessa maneira a reflexão e o aprofundamento acerca dela requerem uma democratização e um empenho além dos meios de comunicação tradicionais.

A programação do evento encontra-se disponível aqui.

 

Texto: Samyra Mercês.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *